Inicio Destaques MP denuncia casal de parlamentares por contratar empregada doméstica como ‘fantasma’ na...

MP denuncia casal de parlamentares por contratar empregada doméstica como ‘fantasma’ na ALPB

32
0
SHARE

O deputado estadual Manoel Ludgério, a esposa dele e presidente da Câmara de Vereadores de Campina Grande, Ivonete Ludgério, e o assessor parlamentar Carlos Alberto Nunes foram denunciados pelo Ministério Público por desvio de recursos públicos. Conforme o MPPB, a empregada doméstica do casal de políticos era contratada como servidora pública “fantasma” na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB).

G1 tentou entrar em contato com todos os três denunciados, mas os telefones estavam desligados ou fora da área de cobertura. A reportagem também enviou e-mail solicitando informações à assessoria dos parlamentares, mas não recebeu resposta até as 15h.

De acordo com as investigações da Comissão de Combate aos Crimes de Responsabilidade e à Improbidade Administrativa (Ccrimp) do MPPB, o deputado estadual desviou, entre 2003 e 2009, cerca de R$ 72,5 mil da Assembleia Legislativa. Foram contratados serviços que nunca foram prestados à ALPB, utilizando a empregada doméstica de Manoel e Ivonete Ludgério como servidora “fantasma”, lotada no gabinete do deputado.

O MPPB requereu à Justiça que os denunciados sejam condenados pelo crime de peculato, previsto no artigo 312 do Código Penal Brasileiro, e ao ressarcimento ao erário do valor desviado com a correção monetária. O MPPB pede o recebimento da peça acusatória e que o relator do processo, desembargador Márcio Murilo da Cunha Ramos, cite os envolvidos para interrogatório e outros atos processuais.

Vereadora Ivonete Ludgério é presidente da Câmara de Campina Grande (Foto: Artur Lira/G1/Arquivo)
Fonte: G1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here