Inicio Cidade CMCG fecha o ano legislativo com um aumento de 65% da produtividade

CMCG fecha o ano legislativo com um aumento de 65% da produtividade

33
0
SHARE

A Câmara Municipal de Campina Grande encerra nesta quinta-feira (21) o ano legislativo. De acordo com informações da Secretaria de Apoio Parlamentar, a Casa de Félix Araújo fecha o ano com um aumento de 65% da produtividade em comparação com o ano passado. Nesta quinta-feira, durante a última sessão do ano, será votado o LOA 2018 e o Plano Plurianual.

Durante o ano foram aprovadas 4.629 matérias. Deste montante, 459 foram Projetos de Lei, além de mais 42 Projetos de Resolução. O número de requerimentos teve um acréscimo maior, somando 4.121 aprovados no período. Fechando a soma, houve ainda a aprovação de 07 pedidos de informação. Esses números, em comparação com o último ano legislativo, representa um aumento de 65% da produtividade.

Foram realizadas 122 sessões legislativas ordinárias, além de 40 sessões extraordinárias. Sessões solenes foram 31, enquanto que as sessões especiais foram 13. Durante o ano, os 23 vereadores realizaram 26 audiências públicas para debater assuntos diversos de interesse da população campinense. Foram ainda realizadas 08 audiências públicas das comissões permanentes da Casa. A assiduidade dos parlamentares também foi outro destaque, uma vez que durante o ano apenas duas sessões ordinárias foram canceladas por falta de quórum.

A presidente da Câmara Municipal, vereadora Ivonete Ludgério, destacou o aumento da produtividade como um dos pontos positivos dessa nova legislatura. “Fechar o ano com um aumento de 65% da produtividade, em comparação com o ano passado, é algo que devemos comemorar. Os 23 vereadores dessa nova legislatura estão de parabéns, pelo compromisso com o trabalho e com a cidade de Campina Grande”, comentou.

Ivonete destacou ainda as mudanças que foram implementadas ao longo do ano na sua gestão, como a redução do recesso parlamentar e consequente aumento de 19 dias de trabalho. Para conter despesas, foi implantado também o expediente corrido, das 07 às 13h00. Outro ponto destacado pela presidente foi a transparência nas ações da Casa, principalmente através das licitações. Foram realizadas 16 licitações ao longo do ano para contratação de serviços e outras três estão em andamento.

“Procuramos fazer tudo da forma mais transparente possível, prezando sempre pela prestação de contas dos recursos públicos. Temos ainda o que melhorar e muitos projetos para implantar no próximo ano. Mas fechamos o ano com a certeza absoluta do dever cumprido”, destacou a presidente Ivonete Ludgério.

Dirp./CMCG

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here