CMCG vai realizar audiência pública para discutir a distribuição de água do eixo leste da transposição do rio São Francisco entre os estados da Paraíba e de Pernambuco

A presidente da Câmara Municipal de Campina Grande, vereadora Ivonete Ludgério (PSD), protocolou nesta segunda-feira (15) requerimento solicitando a realização de audiência pública, que vai acontecer no dia 8 de fevereiro, para discutir a possibilidade de distribuição de água do eixo leste da transposição do rio São Francisco entre os estados da Paraíba e de Pernambuco.

A pedido de audiência pública partiu das recentes informações sobre a intenção dos governadores da Paraíba e de Pernambuco de construir uma adutora para levar água da transposição do rio São Francisco até a cidade paraibana de Barra de São Miguel e, por extensão, até o vizinho município pernambucano de Santa Cruz do Capibaribe.

A vereadora Ivonete Ludgério convocou a bancada de situação para uma reunião na manhã desta segunda-feira para discutir o assunto e ao final do encontro, ela declarou que a Câmara de Vereadores de Campina Grande está preocupada com a atual situação hídrica do Açude Epitácio Pessoa – o Boqueirão. “Uma cidade como Campina Grande necessita de segurança hídrica para atender sua população e também abastecer os municípios vizinhos do seu sistema adutor, além de garantir ainda o abastecimento às indústrias, ao comércio e aos serviços de toda uma região de mais de 1 milhão e meio de pessoas polarizada pela Rainha da Borborema.

Ivonete Ludgério completou dizendo que é urgente a discussão sobre o tema e para isso serão convocadas as entidades diretamente ligadas ao assunto como a Companhia de Águas e Esgotos da Paraíba – CAGEPA, a Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba – AESA e a Agência Nacional de Águas – ANA, para o bom andamento dos debates na Casa de Felix Araújo.

***Conteúdo de responsabilidade da Assessoria

Alexandre destaca imprudência de Ricardo em decisão de transferir água para PE

O vereador Alexandre do Sindicato comentou nesta segunda-feira, 15, as declarações da procuradora da República Janaína Andrade, coordenadora do grupo de trabalho da transposição do Rio São Francisco, sobre a decisão do governador Ricardo Coutinho de transferir água do Rio Paraíba, que abastece o açude de Boqueirão, para cidades do interior de Pernambuco.

Em entrevista à imprensa de Campina Grande, a integrante do Ministério Público Federal tratou a medida como “imprudente” e cobrou estudos técnicos sobre o procedimento. A procuradora disse que o MPF “recebeu a informação com surpresa” e ainda não conseguiu obter informações claras, “porque uma hora é colocado que essa água será retirada do Rio Paraíba, outra hora que será retirada de Boqueirão”.

Para Alexandre, o cenário é preocupante. “Ninguém é contra compartilhar a água da transposição com outras cidades, inclusive de outros estados. Jamais seríamos contra uma ação desse tipo, mas, por outro lado, como bem pondera o Ministério Público, tal medida precisa ser executada com estudos técnicos que garantam a sua viabilidade, do contrário, não teremos água nem para Campina nem para Santa Cruz do Capibaribe”, comentou o parlamentar.

Ele lembrou que a atual vazão da transposição no Rio Paraíba sequer tem sido suficiente para ampliar de maneira mais efetiva as reservas do Epitácio Pessoa. “Recentemente, tivemos um recuo no nível de Boqueirão, que só foi neutralizado por causa das chuvas. A pergunta é simples: teremos uma vazão capaz de manter o nível do reservatório e ainda fornecer água para o estado vizinho?”, questionou Alexandre.

Segundo o vereador, chama a atenção a postura do governador de impor medidas que colocam em risco a segurança hídrica de Campina Grande e região sem ser transparente pelo menos com órgãos como o Ministério Público. “Assim como fez em relação ao fim do racionamento, Ricardo impõe sua vontade, tida por ele como soberana, à população. Para ele, ninguém merece explicações, principalmente quando suas decisões atingem Campina. Se fosse em relação à capital, o comportamento seria outro”, complementou.

Fonte: Codecom

Saulo Noronha (SD)

SAULO GONÇALVES NORONHA
Eleito com 3.276 votos

Partido Atual: Solidariedade – SD
Data de Nascimento: 05/09/1977
Naturalidade: Campina Grande/PB
Grau de Instrução: Superior  Incompleto (Administrador)
Formação: Comerciante
Estado Civil: Casado

Contatos
E-mail: saulonoronha25@yahoo.com.br
Twitter: ‏@SauloNoronhaPB
Facebook: Saulo Noronha
Instagram: Saulo Noronha
Telefone Gabinete: 3065-9773

Rodrigo Ramos (PDT)

RODRIGO RAMOS VICTOR
Eleito com 3.888 votos

Partido Atual: Partido Democrático Trabalhista – PDT
Data de Nascimento: 22/11/1982
Naturalidade: Campina Grande/PB
Grau de Instrução: Superior Completo
Formação: Advogado
Estado Civil: Solteiro

Contatos
E-mail: rodrigoramos@camaracg.org
Twitter: ‏@VerRodrigoRamos
Facebook: Rodrigo Ramos
Site:
Telefone Gabinete: 3065-9771

Renan Maracajá (PSDC)

RENAN TARRADT MARACAJÁ
Eleito com 4.977 votos

Partido Atual: Partido Social Democrata Cristão – PSDC
Data de Nascimento: 05/09/1990
Naturalidades: Campina Grande/PB
Grau de Instrução: Superior Completo
Formação: Bacharel em Direito
Estado Civil: Solteiro

Contatos

E-mail: vereador.renanmaracaja@gmail.com
Twitter: ‏@renanmaracaja
Facebook: https://www.facebook.com/RenanMaracaja1

Telefone Gabinete: (83) 3065-9752

Olimpio Oliveira (PMDB)

OLIMPIO OLIVEIRA
Eleito com 2.870 votos

Partido Atual: Partido do Movimento Democrático Brasileiro –  PMDB
Data de Nascimento: 26/07/1964
Naturalidade: Campina Grande/PB
Grau de Instrução: Superior Completo
Formação: Delegado e Advogado
Estado Civil: Casado

Contatos

E-mail: falecomolimpio@gmail.com
Twitter: ‏
Facebook: Olimpio Oliveira
Site: www.olimpiooliveira.com.br
Telefone Gabinete: 3065-9770